Pimont Arquitetura faz releitura contemporânea do estilo examinel

Pimont

Buscar referências e inspiração para um novo olhar sobre uma arquitetura tradicional foi a tarefa do arquiteto Henrique Pimont, da Pimont Arquitetura, que planejou esta residência numa vila de casas em Blumenau, uma típica cidade alemã de Santa Catarina.

Na releitura, boa parte da estrutura foi destacada pela concepção feita em concreto e aço, com os preenchimentos em alvenaria ou vidro, de acordo com a função de cada parede. Com uma estrutura mista em que se misturam chapas em fibrocimento, painéis de vidro temperado, alvenaria comum pintada, vigas de aço e madeira, a casa revela linhas arquitetônicas modernas e integradas com a volumetria dos telhados em vários níveis. As vigas de aço da parte superior conferem leveza instigante e interligam os volumes, acentuando a beleza da caixa central elevada, exposta na visão externa.

A natureza exuberante que circula o condomínio e o lote motivou as transparências e amplas aberturas em vidro, voltadas  especialmente para o sul, naturalmente sombreado e onde está a principal massa de vegetação, bem às margens do rio Itajaí. Por estas aberturas estarem voltadas para a área comum do condomínio, elas receberam ripados móveis, que se fecham em dias de uso intenso garantindo a privacidade no interior da casa, mas nos demais períodos permitem desfrutar da proximidade da piscina desde o interior da casa.

Na entrada principal como uma pequena surpresa, há uma espécie de labirinto de contra planos onde a porta de entrada em madeira se abre para um acesso reservado e que limita a visão das áreas íntimas da casa e outros espaços de convivência. O projeto com 312 metros quadrados possui no térreo as salas todas integradas e com amplas aberturas para os jardins laterais. Na sala de jantar e a de TV o foro é plano em gesso, já a sala de estar tem forro de madeira que acompanha a estrutura do telhado.

No piso superior estão os quartos da família voltados todos para a mesma orientação buscando a melhor insolação e ventilação, eles estão integrados por uma varanda contínua onde é possível desfrutar da vista da piscina e da paisagem natural do entorno.
As aberturas da casa são todas em PVC, laminados em película de madeira para que a composição ficasse em perfeita harmonia com o restante dos acabamentos em madeira.

Os vidros são todos 100% transparentes, protegidos do sol que estão pelos beirais, facilitando a visualização do entorno em sua luminosidade natural. A madeira foi utilizada nos forros e pisos conferindo a característica acolhedora ao projeto.

Serviço:
Pimont Arquitetura
(48) 3025-1200
http://www.pimontarquitetura.com.br

 

Ver projeto no Arqbrasil

Ver o projeto do Pimont no Arqbrasil