SuperLimão Studio + McKinley Bukkart Architects assinam projeto da Goose Island Brewhouse São Paulo

Goose Island Brewhouse
A cervejaria norte-americana, original da cidade de Chicago, Goose Island Brewhouse trouxe para o Brasil o seu conceito de brewpub, um bar onde se produz e consume a própria cerveja. Foram responsáveis pelo desenvolvimento do projeto o SuperLimão Studio e o escritório canadense McKinley Bukkart Architects.

O local escolhido para o projeto foi o Largo da Batata, em consonância com a postura da marca de buscar inserir seus brewpubs em locais sob intensa transformação urbana. A primeira brewhouse em Chicago ocupava um espaço em uma antiga zona industrial em transmutação para uma região jovem e artística. A casa escolhida foi a última restante do processo de desapropriações do Metrô, com 10m de frente e 40m de fundo e uma lateral que virou a fachada do projeto, de frente para o Largo.

Se o Largo da Batata se apresentava como ótima opção, devido a inúmeras transformações ao longo do tempo, o imóvel não aparentava possuir o aspecto industrial presente no guideline da marca. Após a remoção destas intervenções, o que ficou foi a estrutura original do imóvel, um depósito de coco do início do século. A escolha de materiais como tijolos originais expostos aos visitantes para que tenham acesso às transformações pela qual o local passou, concreto e a madeira queimada Shou Sugi Ban aliadas a nova estrutura metálica aparente chegaram a linguagem pretendida.

O projeto buscou lidar com a natureza da Goose Island Brewhouse: juntar cervejaria e bar, dois programas distintos desde questões sanitárias a fluxos. O projeto buscou integrar as duas partes, e tirou partido da presença do maquinário: a cervejaria está no meio do bar, sendo possível vê-la até mesmo no caminho para o banheiro.

O layout foi configurado por etapas: ao chegar, avista-se uma primeira recepção que funciona como uma loja e que conta um pouco da história da marca. Entrando é possível ver um grande salão, que tem como pano de fundo a cervejaria, e uma área externa dividida por grandes portas metálicas. Quando abertas se transformam em cobertura e o espaço se integra ao salão. No lado oposto foram criados vãos que permitem a entrada de luz natural. Paralelo a esta parede foi feita uma grande calha contendo gibóias que ao longo do tempo vão tomando conta das instalações aparentes. No caminho do segundo pavimento há uma sala com cervejas especiais envelhecendo em barris, que cria uma outra categoria de cerveja e formas de consumo.

No segundo pavimento encontra-se o beergarten, que possui uma vista única para o do largo da batata em uma grande área externa protegida por uma pérgola de madeira com cobertura retrátil. O espaço possui um segundo bar, uma parrilleira integrada a essa área e um pomar. O restante deste pavimento é ocupado por áreas técnicas e a cozinha.

A edificação possui duas fachadas com diferentes aspectos. A primeira, da entrada, possui um aspeto mais vertical e remete a construção original. Já a face do largo da batata é bastante horizontal onde é possível ter uma leitura da transformação do antigo galpão aliado a cervejaria com visíveis tanques brancos sobre ela. Foi convidado o grafiteiro Nove (Digital Orgânico) para desenvolver um painel que faz uma leitura presente da região, imprimindo muitas cores e trazendo brasilidade para o projeto.

Ficha:
Goose Island Brewhouse
Arquitetura: SuperLimão Studio (Brasil) e McKinley Architects (Canadá).
Equipe de Projeto: Lula Gouveia, Thiago Rodrigues, Antonio Carlos Figueira de Mello, Julia Regis Bittencourt, Pedro Luna, Maria Clara Rodrigues
Local: São Paulo, Brazil
Ano: 2016
Área: 750m2

[Ver Projeto]

Serviço:
SuperLimão Studio
(11) 3518-8919
http://www.superlimao.com.br/


<<<Voltar